Domingo, 10 de Fevereiro de 2008

O Compostor

O Compostor e a nossa Hortinha

 

Num certo dia… o professor Sérgio (o nosso professor de Ciências Naturais) resolveu começar a fazer um composto, com a nossa turma. Começámos então a apanhar ramos secos, do chão, para iniciar o composto. Asseguir adicionámos terra vegetal e depois resíduos naturais, como, cascas de fruta e legumes. Em cima dos resíduos colocámos, mais uma vez, terra vegetal. Depois remexemos o composto e medimos a sua temperatura. Ao longo do tempo, todo este composto, se vai transformando em estrume. Ao longo do tempo vamos adicionando resíduos, que são trazidos pelos alunos, de casa. Até agora todos os alunos têm colaborado e ajudado na “construção do nosso compostor. Localiza-se atrás do pavilhão B. Mas, por enquanto, os alunos estão mais empenhados noutro projecto. A turma plantou vários vegetais e legumes, como por exemplo, ervilhas, alfaces, salsa, cenouras e couves. Cada grupo de alunos cavou um quadrado de terra e semeou o seu vegetal. Agora, em cada aula de Formação Cívica e Área de Projecto vamos ver o nosso compostor e também a nossa Hortinha. Não nos esquecemos também o nosso projecto da Eco-turma em que estamos a pesquisar e a fazer trabalhos no computador.

 

Fonte: Susana Carvalho - 9ºAno Turma F

Sinto-me:

A Horta na ESARS - As Alfaces

Tudo começou na disciplina de Área de Projecto, onde se iniciou a formação de grupos, para a realização de vários trabalhos sobre produtos hortícolas. Cada grupo encarregou-se de um produto hortícola no qual teve de pesquisar informações acerca do mesmo.

 O grupo onde fiquei inserida foi o da Susana Carvalho, Mónica Abreu e Lucie Gonçalves, cujo o tema foi as alfaces. A “Alface Maravilha Mundo” tem origem no leste do Mediterrâneo, Índia. Esta é uma planta herbácea, anual, compacta, hermafrodita, com raiz curta e bem drenada. A sua plantação deve ser feita no Inverno/ Outono, uma vez que tem uma resistência ao frio, não dispensando uma cobertura plástica com a temperatura entre os 10º e 20 º Cº. A sua germinação ocorre após três (3) a sete (7) dias da sua plantação. O sistema de rega tem de ser regular e evitar o excesso de água.

Em relação aos grupos de trabalho, depois da pesquisa, passámos à acção, ou seja, tivemos de aplicar os nossos conhecimentos, ao cultivar as sementes.

Começamos por “lavrar” a terra para que pudesse ficar mais maleável, de seguida fizemos valas entre as várias áreas de plantação, para que as diversas sementes não se misturassem e pudessem crescer à vontade. Por fim espalhámos as sementes e regámos. Para que o trabalho fosse acompanhado e os passos realizados fossem registados fotografaram-se os mesmos.

 

Fonte: Ana Paula - Ano Turma F

Sinto-me:
Tags: ,
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

A Compostagem na ESARS

COMPOSTAGEM

 

A compostagem é um processo biológico em que os microrganismos transformam a matéria orgânica, como estrume, folhas, papel e restos de comida,

num material semelhante ao solo a que se chama composto.
 
VANTAGENS:
 

- O composto melhora a estrutura do solo, e actua como adubo.
- O composto tem fungicidas naturais e organismos benéficos que ajudam a eliminar organismos causadores de doença, no solo e nas plantas.
- Sustentabilidade do uso e melhoramento da fertilidade do solo.
- Retenção de água nos solos.
- Redução no uso de herbicidas e pesticidas.
- Redução da contaminação e poluição atmosférica.
- Envolvimento dos cidadãos para ajudar a mudar estilos de vida.

COMO É QUE O COMPOSTO BENEFICIA O SOLO?
 

O composto adiciona matéria orgânica ao solo.
Ajuda a reter a água nos solos arenosos e dá porosidade aos solos argilosos.
Introduz no solo organismos benéficos, como bactérias e fungos, que têm a capacidade de passar os nutrientes da parte mineral do solo para as plantas.

 

COMO POSSO UTILIZAR O COMPOSTO?
 

O composto maturado é usado para relvados, vasos, canteiros, floreiras e caldeiras das árvores. Uma mistura de 1/3 de composto, 1/3 de areia e 1/3 de terra é um rico adubo para plantas novas, floreiras e plantas de interior. Para projectos de arquitetura paisagística, uma mistura de 60% de composto com 40% de terra é ideal para relvados, canteiros, árvores e arbustos novos. 

 

 


 

Sinto-me:
Publicado por Verdinho às 01:39

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Administrador

Pesquisar neste blog

 

Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

O Compostor

A Horta na ESARS - As Alf...

A Compostagem na ESARS

Últimos comentários

Adorei os trabalhos k fizemos nas aulas de AP com ...
Foi mto fixe.........até pro ano!!! ;)
Excelente !

Posts mais comentados

Arquivos

Tags

alface(1)

apalpário(1)

aves(1)

clube do ambiente(1)

co2(1)

compostagem(1)

compostor(1)

corroios(1)

dia eco-escolas(1)

flamingos(1)

gincana electrão(1)

grifos(1)

horta(3)

jardinagem(1)

lâmpadas(1)

lixo(1)

sapal(1)

twist(1)

todas as tags

Subscrever feeds

Album Fotográfico

blogs SAPO